Descanso do Trabalho - Van Gogh

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

falando de fragilidade...


















Carregando mundo...
Maria Madalena Ferreira dos Santos

— Não me farei tão frágil perante o peso do mundo,
nem
me afligirei diante de incertezas, seguirei adiante,
a
vida me compensará com alegrias e belezas, luz
de estrelas...


terça-feira, 27 de setembro de 2011

você já viu...











corda não puxar caçamba
índio não gostar de dança
criança não fazer lambança

[madá.]


segunda-feira, 26 de setembro de 2011

só preciso de...


















um barco de papel,
chapéu de marinheiro:
navego tempo inteiro.


[madá.]

domingo, 25 de setembro de 2011

esperanças...













ah, quem sabe...

esbarro em flor distraída,
fica
perfume em mim.


[madá.]

sábado, 24 de setembro de 2011

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

florzinha do cerrado...










rasteirinha, sem vaidade,
franzina, o vento destrata;
trago os olhos rasos d'agua.


[madá.]

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

primavera...


















ela chega, vem as flores,
meus encantos/amores,
canta, canta, passarinho,
vem saudar a primavera.


[madá.]

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

imaginei...



Imaginei...
Maria Madalena Ferreira dos Santos
.
Imaginei um adeus diferente,
pedindo que eu não derramasse lágrima
triste, poderia precisar...
.
Imaginei, sentaria ao meu lado,
e, mesmo apressado, explicasse, porque não
queria mais ficar...
.
Imaginei...
ah, tantas coisas imaginei, tantas que
nem sei, esqueci de contar...


sábado, 17 de setembro de 2011

bailarina...


Menina, sonhava, bailava em mil fantasias,
enquanto bailava e sonhava, crescia, mas, nos
palcos da vida, só não usou sapatilhas.


[madá.]

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Jardim das flores, jardim dos amores













Plantou muitas flores no jardim,
que viessem os seus amores, as
borboletas, os beija-flores...


[madá.]

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

em pensamento...

















às vezes, peço que um anjo
apenas me abrace, sem
nada perguntar...


[madá.]


sábado, 10 de setembro de 2011

quando saudade aperta...












não deixo coração chorar,
ponho asa de passarinho e
levo pra passear...


[madá.]


quarta-feira, 7 de setembro de 2011

costuras...




















colocou rendas e babados,

tirou os bordados do

passado...



[madá.]

sábado, 3 de setembro de 2011

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

a gente acostuma a tudo...


















à hora de relógio atrasado,
sermão de padre, sorriso
forçado; dançar sem par.



[madá.]




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...