Descanso do Trabalho - Van Gogh

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Amo-te...



Amo-te...
Maria Madalena Ferreira dos Santos

Amo-te, gosto de te amar,
Amo as tuas virtudes,
Amo as tuas verdades,
Aceito os teus defeitos.

Amo o teu sorriso.
Amo o teu olhar,
Amo os teus sonhos,
Sonhos tão felizes.

Amo a tua música preferida,
Amo as tuas brincadeiras,
Eu me sinto tão menina...

Amo quando falas da tua vida,
Amo o chão que a tua alma pisa,
Amo as tuas carícias...




quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Na manjedoura...


noite de paz e de luz,
no céu, uma estrela,
anunciou Jesus.


[madá.]

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Casamento...


não queria lembrar, lembrava,
não jogou fora o sentimento,
guardou consigo.


[madá.]


segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Sublimações...


Via tudo azul... A cor do céu,
a cor do mar, a alma do poeta,
os olhos de Jesus...


[Madá.]


domingo, 26 de dezembro de 2010

Teus olhos castanhos....


Meus olhos diante dos teus, brilham,
comemoram, brindam a tua chegada,
felizes, enfim...

Festejo, é grande a minha alegria,
há feitiços, magias nos olhos
teus...


[madá.]



sábado, 25 de dezembro de 2010

Paixão...


caminho de longa travessia,
rio de águas em torvelinhos,
visgos, algemas, desalinho.


[madá.]


sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Nesse Natal...


Natal é uma data significativa, importante demais para todos nós, cristãos. Nessa data ficamos mais sensíveis e amorosos. É a magia do Natal! E ao trocarmos abraços, augúrios com nossos amigos e parentes, sentimos uma paz interior que é difícil explicar, conter tal emoção... Portanto, você amigo que esteve comigo nessa telinha, dividindo tantas alegrias e emoções...

Feliz Natal!

Que 2011 seja próspero e feliz, de muita saúde, paz no coração, que possamos sempre estar alicerçados no Bem Maior, o Amor que ao bom caminho conduz...

Carinhoso abraço, agradecimento.

Obrigada por tudo!



[Madá.]


quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Pretos Velhos...



Falei com mãe Maria e com Pai José:
Mãe Maria, abertura para os meus caminhos,
Pai José, axé...


[Madá.]


quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Sinais...



olhava no espelho,
os lábios sorriam:
os olhos queriam.



[madá.]


terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Encontro...



Ah, se você saísse dessa tela e viesse
p'ro lado de cá...Eu juro, deixaria meus lábios calados,
os olhos fechados; meus versos de lado,
sem acabar, p'ra te abraçar!


[madá.]


segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

domingo, 19 de dezembro de 2010

sábado, 18 de dezembro de 2010

Quase sempre...


precisava do colo daquela alma,
suave e segura, sincera, paciente;
terna...



[madá.]

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Em dia de lua...



eu me banho de 'encantos',
molho o corpo de sereno
e de luar...


[madá.]


quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

No amor...




é tão louco quanto ela,
abre os braços, fecha os olhos
e se entrega...



[madá.]



quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Coisas da vida...




o pato reclama, não é feliz,
quer namorar uma patinha,
que faz qua-qua , é bonitinha.



[madá.]

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Cortejando...




deu-lhe as rosas , ajoelhou
e sorriu; num gesto quase
infantil...

[madá.]

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

domingo, 12 de dezembro de 2010

Empatia...



ah, esses dias tão meus,
calmos e ensolarados,
teus...



[madá.]

sábado, 11 de dezembro de 2010

Semeações...



Sigamos, sigamos, ainda há esperança,
abrir-se-ão os céus, soarão trombetas;
não plantemos sementes de
intemperanças, chegará
a hora da colheita.


[madá.]

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

O trio...







o rato corre do gato,
o gato corre do cão,
eu, de confusão...


quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Um soneto






Já não me importa...
Maria Madalena Ferreira dos Santos


Já não me importa mais ficar sozinha,
Deixei de vez as paixões da minha vida,
Pouco restou dos aplausos e fantasias,
Somente as lembranças mais queridas.

Olho lá fora, vejo meu jardim florindo,
As flores que eu plantei estão abrindo,
Passarinhos cuidando dos seus ninhos,
Tem borboleta indo e vindo, tão lindo.

Todo dia acordo em mais um novo dia;
E eu vou sem pressa, sempre sorrindo,
Apagando as marcas do meu caminho.

Deixo que o sol me abrace por inteira,
Fecho os olhos para sentir esse carinho,
Agradeço...Por nesse mundo ter vindo!


terça-feira, 7 de dezembro de 2010

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Evocação...


Na hora das minhas tribulações,
rezo, acalmo meu coração;
cuido-me assim.


´[madá.]


domingo, 5 de dezembro de 2010

sábado, 4 de dezembro de 2010

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Aqueles lírios...





nascem e renascem
nos charcos lodosos,
pântanos...

sufocam os gemidos,
calam a voz, o pranto,
nos desencantos...

[madá.]


quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Foi assim...






Foi assim
Maria Madalena Ferreira dos Santos

No início era apenas um olá, como vai?
Nada mais...
O tempo passou, formalidades foram deixadas de lado, carícias em nossos olhares...
Amizade?
Tudo passou a ser mais radiante, a alma brilhava
com mais intensidade...
Havia mais brilho nela que todas estrelas juntinhas
no céu...
A lua mostrava-se mais formosa em seu pedestal,
cumplicidades entre ela e eu.
Estava apaixonada!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...